O Que é Segurança do Trabalho e Como é Sua Atuação?

Tempo de leitura: 3 minutos

cadernos e capacete de obra sobre a mesa

Se tem algo que todo trabalhador já ouviu falar é sobre segurança do trabalho. Seja nos serviços que apresentam mais riscos até aqueles que parecem simples, a atuação dos profissionais desse segmento está presente.

Por ser um assunto tão delicado, dado que se relaciona à saúde e à segurança de cada colaborador, a segurança do trabalho tem uma gama de profissionais que podem ter formações e atuações diferentes.

Existem técnicos, graduados e até pós graduados que constroem, juntos, as ações que previnem possíveis acidentes ou doenças que podem decorrer da atividade laboral.

Todos esses detalhes exigem que a gente te explique da forma mais simples possível. Você sabe exatamente o que é a segurança do trabalho e o que os profissionais dessa área fazem? Vamos te explicar!

Segurança do trabalho: o que faz?

Como dissemos na introdução, existem várias formações possíveis para quem deseja seguir carreira em segurança do trabalho. Assim, é a partir da formação que a atuação de cada profissional é definida.

Com a união do técnico de segurança do trabalho, engenheiro de segurança do trabalho, médico do trabalho e enfermeiro do trabalho, está formado o SESMT (Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e Medicina do Trabalho).

Para os profissionais que atuam dentro da empresa, é constituída a CIPA (Comissão Interna de Prevenção de Acidentes). Estes são os responsáveis de prevenir os acidentes e doenças por conta da tarefa executada pelos profissionais da empresa, melhorando a qualidade de vida e a saúde do empregado.

Normalmente, as subdivisões de funções são feitas nos seguintes moldes:

  • os engenheiros e técnicos de segurança atuam nas empresas, organizando e orientando a CIPA. Eles determinam os equipamentos necessários para os trabalhadores, fazem os planos de prevenção de riscos (inclusive o ambiental), inspeções de segurança, laudos técnicos e aplicando palestras ou treinamentos;
  • o médico e o enfermeiro do trabalho são os responsáveis por cuidar da saúde ocupacional, fazendo as consultas, exames de admissão ou demissão e também prevenindo o possível contágio de doenças decorrentes do emprego.

Quais formações existem em segurança do trabalho?

Para se formar em segurança do trabalho, existem duas modalidades frequentemente encontradas: técnico e graduação. O técnico é mais rápido, conectando o aluno diretamente na prática. Já o segundo conta com uma maior carga teórica.

Entretanto, nestes casos de cursos focados em segurança de trabalho, são formados apenas os profissionais do primeiro grupo citado, de engenheiros e técnicos de segurança. Os profissionais de saúde, que desejam se especializar nesta área, podem contar com uma pós graduação que os aplicará aos conhecimentos exigidos para o curso.

Qual a média salarial de profissionais de segurança do trabalho?

Uma coisa é certa: a área de segurança do trabalho está em alta e a remuneração é uma das maiores do mercado de trabalho. Os valores podem chegar até a R$ 9.000, dependendo de sua experiência e currículo.

Em média, a faixa salarial chega aos R$ 3.000,00, variando dentre os mais diversos cargos existentes. Mas, se você optar por fazer uma pós graduação em segurança do trabalho, a chance do seu salário aumentar é muito grande.

Na área relacionada à segurança do trabalho, assim como em outras áreas de atuação, é fundamental se manter atualizado: a legislação e cobranças referentes à saúde e bem estar dos colaboradores evoluem a cada dia, portanto, busque capacitações frequentes.

O que você considera ser o maior diferencial de um profissional de segurança do trabalho? Conte nos comentários!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *