Faça Um Currículo Perfeito Em 6 Passos

Tempo de leitura: 3 minutos

O sonho de muitas pessoas que estão buscando emprego é ter um currículo perfeito. Afinal, esse documento é o cartão de visitas de um profissional e será a porta de entrada para conseguir uma oportunidade de trabalho. 

Por isso, vamos ensinar você como montar um que possa ressaltar aos olhos das empresas!

Como montar um currículo perfeito

Na maioria das seleções, os recrutadores pedem primeiramente seu currículo para avaliar e, só depois dessa primeira triagem, é que te chamarão para um bate papo na entrevista de emprego.

É claro que é mais fácil defender suas competências pessoalmente, onde é possível demonstrar melhor suas qualidades, desenvoltura e sentir a energia do lugar.

Mas você só terá essa chance se o seu currículo passar na primeira etapa. Por isso, ter um documento bem feito é necessário.

Sabemos que montar um currículo perfeito pode não ser tão fácil assim e estamos aqui para te ajudar nessa fase! Veja o passo a passo que separamos para você:

1. Preencha seus dados

As primeiras informações devem ser seus dados pessoais. Coloque nome completo, data de nascimento, endereço, telefone, e-mail e, caso tenha um portfólio on-line, já pode inserir nessa primeira parte. 

Além da formalidade, você conta ao recrutador quem é você e deixa acessíveis seus dados para contato. 

2. Demonstre quais são seus interesses profissionais

Logo em seguida, você deve mostrar quais áreas tem interesse em trabalhar. Por exemplo:

Áreas de interesse profissional 

  • Comercial; 
  • Vendas;
  • Projetos;
  • Consultoria.

Isso dá uma visão geral sobre as vagas que tem interesse. Além disso, ajuda bastante em casos nos quais há mais de uma oportunidade de trabalho na empresa para diferentes setores. 

Caso você não passe nessa seleção, pode ter seu currículo encaminhado para outro departamento que a empresa ache que tenha mais a ver com suas competências. 

3. Coloque sua formação acadêmica

Cite as instituições de ensino onde estudou e seu grau de estudo. Por exemplo, caso tenha até o Ensino Fundamental, coloque isso ao lado do nome da escola. 

O mesmo vale para o Ensino Médio, graduação e pós-graduação. Caso você ainda esteja estudando, é importante escrever que está “em andamento”. 

4. Cite suas experiências

Experiências profissionais, acadêmicas ou até mesmo trabalhos voluntários valem aqui. 

Para quem já trabalhou, diga o nome da empresa, o cargo exercido, as atividades que fazia e o período em que atuou lá.

Já se for detalhar sobre trabalhos escolares ou voluntários, descreva como foi o projeto, onde você atuou, quais funções desempenhou e como isso ajudou a contribuir com seu crescimento profissional e atual. 

5. Conhecimentos gerais e cursos

Elenque quais conhecimentos você tem. Por exemplo: informática — Word, Excel e Power Point. Caso saiba falar algum idioma, coloque qual e o nível (básico, intermediário ou avançado). 

Não se esqueça de indicar também cursos extras que tenha feito, sejam eles on-line ou presenciais. 

6. Destaque suas habilidades

Pense em todas as suas competências e qualidades. Cite as principais, pensando em como você pode usá-las para agregar à empresa — como organização, responsabilidade, facilidade na comunicação, etc. 

Com essas informações bem organizadas, seu currículo perfeito será criado e terá tudo o que o recrutador precisa saber sobre você! 

Leia mais dicas no blog da Faspec!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *